.Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


.posts recentes

. Tempo

. Certo ou errado?

. Horas extra, alguém tem?

. Devo ser um bicho !

. Enfim...

. Sou chorona...

. Falta um mês...

. Ás vezes também faz falta...

. " Se acreditares vais con...

. Mudanças...

.arquivos

. Fevereiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

Domingo, 1 de Março de 2009

Uma historia que me tocou

Há algum tempo que não escrevo nada, mas nem sempre estou com disposição ou sei o que escrever...mas cá vai mais um post.

 

 

Há muitas situações que me acontecem no dia-á-dia que me fazem pensar. Grande parte das vezes chego a casa embrulho-me no meio de mantas e cobertores, concentro-me no silêncio e escuro que me rodeiam e aí finalmente penso sobre essas situações, sobre o que aconteceu. Outras vezes vou simplesmente até á praia deito-me na areia aquecida pelo sol,fecho os olhos, oiço o barulho do mar e perco-me nos meus pensamentos.

Há exemplos muito simples de coisas que acontecem que me deixam assim... houve um sábado de manhã que fui ás compras com a minha mãe como é costume. Lembro-me que estavam um dia quente de primavera, entramos num parque de estacionamento e estava lá um arrumador de carros. Quando eu e a minha mãe saímos do carro ele veio ter connosco e pediu dinheiro. Ele disse : " Senhora por favor algum dinheiro para comer qualquer coisa."

Era um rapaz novo 20 e tal anos, estava asseado, bem vestido, jeitoso por sinal, mas no entanto via-se que dependia do maior vicio que há na terra : droga.

A minha mãe respondeu-lhe " Para comer... ( não acreditando muito nisso) mas toma lá não é muito mas é o que se arranja".

Nunca me hei-de esquecer o que ele respondeu, foi sem dúvida das coisas mais marcantes da minha vida, não pela desgraça que ele sem encontrava, mas sim pela sua grande sinceridade!

Ele disse : " Acredite senhora, este dinheiro é para comer, já tomei a minha dose esta manhã. Apartir da semana que vêm vou para um centro para me tratar e livrar deste amldito vicio" , sorriu, agradeceu e continuou o que estava a fazer.

Nunca mais o vi, não sei se realmente se tratou, se não foi ou se simplesmente não conseguiu, mas desejo-lhe do fundo do meu coração que se tenha tratado e que tenha muita força de vontade para ultrapassar tudo e continuar a sua vida.

A todos os rapazes e raparigas como ele desejo muita sorte.

sinto-me:
música: Hoobastank - The Reason

publicado por vuty às 18:33

link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags